Centro Infantil Amor de Deus | Mocuba

 

O Centro Infantil Amor de Deus é um projeto recentemente desenvolvido pela Congregação das Religiosas do Amor de Deus, na localidade de Mocuba, que fica a cerca de 150 km de Quelimane. Para além do Centro Infantil, as Irmãs gerem há 25 anos um centro de saúde em Mocuba, que é considerado o melhor da região e atende uma média de 4.000 doentes por mês.

Este centro funciona como “Escolinha” – instituição de ensino pré-escolar – recebendo crianças entre os 3 e os 5 anos de idade.

A Escolinha tem capacidade para 100 crianças e a ATACA apoia, através do contributo dos tutores, a inserção neste projeto educativo de crianças provenientes de famílias em situação de extrema pobreza, que vivem nas comunidades locais circundantes. As crianças frequentam a escolinha as 7h e as 15h e têm direito a pequeno-almoço, almoço e lanche.

Em Moçambique, só 4% das crianças frequentam o ensino pré-escolar e desta percentagem a grande maioria vive em áreas urbanas e provém de uma classe socioeconómica favorecida (Banco Mundial, 2011).

Os primeiros anos de vida da criança são fundamentais na formação das bases para um desenvolvimento saudável e integral, que proporcione à criança a oportunidade de alcançar o seu pleno potencial. Contudo, a grande maioria das crianças em Moçambique não tem esta oportunidade e os efeitos do desenvolvimento tardio nos primeiros anos de vida podem revelar-se prejudiciais e duradouros, reforçando os mecanismos de transmissão intergeracional da pobreza. Estudos realizados indicam que 61% das crianças na África Subsariana não atingem o seu potencial de desenvolvimento devido à pobreza. Complicações ao nível da saúde, carências nutricionais, práticas culturais que limitam a comunicação entre pais e filhos e ambientes com poucos livros, brinquedos e outras oportunidades de aprendizagem podem contribuir para um desenvolvimento físico e cognitivo inadequado (Grantham-McGregor et al, 2007).

Como resultado, as crianças chegam à escola primária mal preparadas para uma nova aprendizagem e meio ambiente Assim, a aposta em programas de desenvolvimento na primeira infância afigura-se uma forma promissora de prevenir esses atrasos e promover o desenvolvimento precoce (Martinez et al, 2012).

Ciente da importância da educação para a construção do futuro de Moçambique, a ATACA procura apoiar e desenvolver, cada vez mais, projetos que garantam o acesso das crianças mais pobres à educação. Neste subprojeto, para além do acesso à educação durante a primeira infância – que é uma oportunidade rara em Moçambique – estamos também a garantir uma educação de qualidade, com uma vertente de formação humana que pode vir a revelar-se uma forte mais-valia no percurso de vida das crianças que passarem por esta escolinha.