O cansaço aumenta e o tempo parece diminuir…todos os dias acordamos com as cançoes, correrias e barulhos do acordar das crianças pelas 5 horas da manha, e impressionante como acordam tao energeticos e bem dispostos todos os dias! As vezes depois do almoço conseguimos arranjar um tempinho para uma pequena sesta que nos ajuda a disfarçar o cansaço que pelo final da tarde se torna evidente…
Ca em casa, nas explicaçoes, tenho ajudado principalmente no ingles. Tenho vindo a notar que a preguiça e algo que os domina. Seja qual for a disciplina querem sempre que sejamos nos a fazer o trabalho todo sem lhes proporcionar o minimo esforço, a preguiça e sem duvida algo que todos os dias tentamos combater!
As emoçoes ca vivem-se de um modo muito mais natural e intenso, tento aproveitar todos os dias ao maximo e noto que já aprendi muito sobre mim, sobre as coisas que realmente tem importancia na vida e sobre coisas que achava importantes e agora vejo que são meras futilidades…
No domingo passado tive a oportunidade de conhecer o hospital de Quelimane, a Irma Lidia teve de la ir visitar uma pessoa e levou-me para eu conhecer um pouco do sistema de saude moçambicano. Há alguma falta de higiene e de cuidados primarios, que para nos são basicos, falta de pessoal e excesso de visitas nos internamentos… Enfim, infelizmente, uma realidade bem diferente da nossa.
Ontem, por necessidade, voltei a testar o sistema de saude. Eu e a Rita tivemos que ir ao centro de saude para ver se estava tudo bem com a saude do Chico, um menino de 4 anos que entrou a semana passada para a Casa Esperança e voltei a notar, infelizmente, algumas falhas.
Tudo isto, da-me uma enorme vontade de poder mudar o mundo e torna-lo mais justo… sozinha sei que não consigo, mas sempre ouvi dizer que a uniao faz a força…

Beijinhos para todos,
Raquel Pinho.

3 Responses to Outra realidade…
  1. Olá.Cheguei ao fim desta página repleta de lágrimas.Afinal nas vossas mãos se concretizaram sonhos para ambas as partes, em Quelimane! Desde o benefício que levaram a cada criança ao retorno do seu carinho, acumulado com a beleza natural que têm vindo a descrever. Bem hajam por todo o tempo dedicado e pela entrega pessoal que, na realidade, é o que faz de nós verdadeiros seres humanos…a partilha. Neste momento até a mim me fizeram feliz. Acreditem! Cumprimentos e muita felicidade!
    Sónia

  2. Olá a todos!
    Quase chorei quando encontrei este blog!
    Nasci em Quelimane há quase 60 anos e, apesar de só ter lá vivido até aos 9, de onde fui para Maputo, ando sempre à procura de notícias sobre a minha Terra (Moçambique), que não são muito boas, infelizmente. Deixam-me muito triste. O Povo Moçambicano merecia melhor!
    Gostava de ajudar, principalmente as crianças, mas não sei como.
    Parabéns pelo blog, e felicidades para todos!

  3. Mudar o mundo sózinhos não está nas nossas capacidades mas contribuir, como tu estás a fazê-lo aí, já está ao nosso alcance, e é por essa causa que lutamos todos os dias na ataca.
    Não stresses com a realidade que te rodeia nem tenhas a tentação das comparações porque aí, como em toda a parte do mundo, a tendência é caminhar para um mundo mais justo.
    Gostamos muito de ti.

    Durana Pinto


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.