Ainda por Quelimane…a vida aqui continua.Mas e com muito orgulho que vejo agora o meu trabalho e dos meus companheiros feito.Ontem foi o ultimo dia de trabalho de campo.Temos agora já todo o material pronto para ser enviado para Portugal.Todas as fotografias, todas as notas,tudo esta agora pronto para ser posteriormente entregue a cada padrinho.
Não foi facil, os quilometros por vezes foram demasiados, e o calor e humidade que aqui se faz sentir neste momento dificultam em muito a nossa tarefa.Foi muitas vezes necessario voltar mais uma, mais duas, mais tres vezes ate conseguirmos cumprir o objectivo.Esta cumprido, e ontem, quando no regresso a casa voltava cansada de mais uma caminhada decidi beber uma agua de lenho com o Evaristo e brindar ao trabalho cumprido.E realmente um cansaço muito bom.Tudo valeu a pena.

Mais uma vez vejo companheiros de trabalho a partirem.Decidi continuar por ca e regressar a Maputo apenas no dia 24.E nessecario agora compilar toda a informaçao que fui recolhendo com as familias, tentando passar para o papel as necessidades e dificuldades que observei nas suas vidas quotidianas.E ainda todos os frutos que consegui verificar já nos seus seios familiares.Frutos do excelente trabalho desempenhado pela ATACA, aqui no terreno, e principalmente pela nossa primeira voluntaria-Barbara.Nao existe uma mamã, uma avÔ ou avo, uma criança que não se recorede dela com o maior carinho e saudade.Para ela vao muitos abraçoes e beijinhos aqui de Quelimane.

Optei ainda ficar por aqui, a pedido da Irma Lidia, para ultimarmos algumas notas e informaçoes, para que ela, a nossa colaboradora de Quelimane esteja a par da situaçao de todos os extrenos.Com a ajuda dela já muitas dificuldade em lidar com algumas das familias foram ultrapassadas da melhor maneira.

Por ultimo decici ficar pelos miudos.Por eles que todos os dias nos batem a porta com mais e mais pedidos de explicaçoes.Uma vez que este ultimo trimestre esta a ser o mais curto de sempre, faltando agora apenas mais um mês para finalizar, o trabalho esta a ser um pouco acumulado para eles, e esta ajuda revela- se muito importante.

Assim, encontrar me ei com os meus companheiros de Maputo, la, no dia 24, para 26 regressar a Portugal.Nao penso nesse regresso para já.Penso em nestes ultimos dias dar ainda tudo o resto que tenho para dar, continuar a trabalhar e absorver ainda mais tudo o que esta terra tem para me dar a mim tambem.

Aos meus companheiros que agora partem deixo aqui uma nota de agradecimento, que deixarei tambem pessoalmente, mas devo dizer que o Tiago e a Raquel foram excelentes companheiros de tabalho, excelentes amigos e companheiros de casa.Foi muito bom te-los comigo nesta missao de Verao.

A companheira Salete mando um grande beijinho e muita saudades.Aprendi muito com ela e foi muitissimo bom trabalhar com alguem como ela.Agradeço lhe tambem o apoio que me transmitiu quando já estava Portugal.
A todos os elementos da ATACA que estao por Portugal tambem fica aqui um cumprimento significativo, porque sem a maquina a funcionar por tras, este nosso trabalho aqui seriao em vao.
Por ultimo queria tambem deixar um sentido abraço e agradecimento ao presidente da ATACA, Fernando Durana Pinto, que desde o inico transmitiu um apoio fantastico e que sei que mesmo longe pensa muito nos que ca estao e esta sempre em contacto, trasmitindo uma confiança muito importante.Principalmente pela sua preocupaçao em ir conversando com os meus pais que ai estao com as saudades normais, transmitindo lhes a eles tambem uma seriedade e confiança muito boa, porque são pais e estas coisas são importantes.Muito obrigado Durana.

Apesar de parecer um texto de despedida ainda não o e.Voltarei a escrever, sobre o meu trabalho por aqui na ultima semana que vem.Mas apesar de tudo muitos objectivos foram alcançados agora, e so o foram porque o funcionamento e por equipa.E a todas as pessoas que contribuiram para tal tinha de deixar um grande Obrigada!

Rita
3 Responses to Ainda por Quelimane
  1. …outra coisa ainda… fico feliz, também, por teres escolhido o lenho para brindar em vez da coca-cola;)
    Salete

  2. Rita!!! Sim senhora, fico feliz:) muito:)Quero, aproveitar, estes teus últimos dias para te pedir que envies um grande abraço ao Evaristo e muitos beijinhos, podem ser cerca de 10.000km de beijinhos, ao Latifo, Alexandre, Nelson e a todos os outros, é claro! E, também à irmã Lídia e D. Teodora. Quanto às fotos, já entregaste àquele senhor do bar e ao Alexandre? Não te esqueças… Aproveita ao máximo, até à tua última gota de energia…Essa é uma experiência que recordarás por toda a vida, acredita!! Beijo com saudades.
    Salete

  3. Olá Rita
    Agradecer-me o quer que seja é profundamente injusto, eu é que terei que vos agradecer, a todos sem excepção, a grande lição de vida e generosidade que me têm proporcionado.
    Continuação de bom trabalho e até ao dia 27.

    Durana Pinto


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.