Como está a luz e a electricidade aí por Portugal? Aqui chegou há um dia, dia em que a Isabel achou por bem fechar a porta da cozinha. Conclusão: A luz voltou, a electricidade funcionou mas ficámos sem comida. Um balanço positivo portanto. A temperatura ambiente atinge os 150 graus nos dias mais frescos. A diferença de fuso horário não impede que as gargalhadas da Rita se ouçam um bocadinho por todo o Atlântico e que o leque da Patrícia provoque vendavais no equador. Estamos juntas!:)
Marta

3 Responses to Curta mensagem da Marta
  1. Neste momento invejo o calor daí (cheguei há pouco de uma das zonas mais gélidas do globo – Turim!), mas ficar sem comida não me parece um balanço positivo, principalmente em termos de balanço calórico!
    Continuem o bom trabalho, tratem bem do Abel Benjamim e vejam se comem bem para não ficarem doentes!
    Beijos do agora coordenador dos pagamentos (ou cobrador) do PTàD,

    Luís Maia

  2. Olá voluntárias da ATACA!

    Sou Mónica Costa, estive aí com os meninos em Quelimane em 2007, em regime de "querer ajudar". Preciso muito falar com a Rita, a das gargalhadas e para isso deixo o meu e-mail. Já tentei ligar para tlm mas não obtive resposta. Obrigada.

    Mónica Costa (m.monica.costa@gmail.com)

  3. Olá Rita, quando puderes contacta-me. Estive aí contigo em 2007, lembras-te?

    m.monica.costa@gmail.com

    Beijinhos


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.