Projecto Tutor à distância

PROJETO TUTOR À DISTÂNCIA

O Projeto Tutor à Distância (PTàD) visa mobilizar cidadãos portugueses para se tornarem tutores de uma criança ou jovem em situação socioeconómica vulnerável, na Guiné-Bissau ou em Moçambique, com idades compreendidas entre os 2 aos 21 anos, pelo período mínimo de um ano, comprometendo-se a financiar mensalmente as suas despesas de sobrevivência, que incluem:

  • Alimentação;
  • Vestuário;
  • Saúde;
  • Educação

OBJETIVOS

As intervenções do PTàD seguem alguns princípios e objetivos fundamentais:

  • No que se refere à criança ou jovem:
    • Em algumas situações, satisfazer as necessidades básicas de alimentação, saúde, educação e vestuário;
    • Garantir uma formação académica e profissional o mais completa possível;
    • Garantir um correto acompanhamento, de forma a integrá-la social, cultural e moralmente, contribuindo assim para a sua futura autossuficiência;
    • Apoiar a realização de projetos que visam melhorar as condições de vida da criança, da sua família e da comunidade envolvente (construção de latrinas, poços de água, melhoramentos em habitações, etc.);
    • Garantir o seu completo desenvolvimento como indivíduo ativo na sociedade do seu país.
  • No que se refere ao Tutor:
    • Consciencializar-se das diferenças e dificuldades culturais e sociais e contribuir de uma forma mais ativa para as minimizar;
    • Assumir uma responsabilidade para com a criança, para além do contributo financeiro mensal.

As intervenções do PTàD podem ser desenvolvidas através de diferentes modalidades (Total ou Educação) e as crianças ou jovens podem ser receber apoio em diferentes contextos, sendo estes maioritariamente orfanatos, lares de acolhimento ou instituições de ensino.

 

COMO FUNCIONA?

Os tutores apoiam financeiramente, com uma base mensal, as crianças e jovens abrangidos pelo PTàD, que habitam em Moçambique ou na Guiné-Bissau, os países onde a ATACA atualmente atua. Adicionalmente, os tutores são incentivados a escreverem cartas para os seus tutorados, sendo as mesmas entregues aos afilhados pelos voluntários da ATACA.

Em retorno, a ATACA fornece ao tutor uma considerável quantidade de informação sobre a criança apoiada. A informação disponibilizada tem como elementos de base:

  • Ficha com historial e documento de Identificação Pessoal;
  • Cartas e Desenhos;
  • Fotografias;
  • Textos;
  • Notas Escolares.

Complementarmente, e variando de subprojeto para subprojeto, são também disponibilizados:

  • Vídeos das Crianças;
  • Fotografias em grupo/em atividades.

A informação é atualizada com periodicidade trimestral, sempre que possível, sendo que toda a recolha, tratamento e envio é realizada por voluntários que desempenham as suas funções no terreno ou em Portugal.